Linhas Verticais

um blog sobre musica, arte, programação e outras coisas.

Live for Speed: Nissan Silvia S15 junho 4, 2009

Filed under: design,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 5:24 pm
Tags: , , , ,

s15_lfs

Após algum tempo aprimorando o script de conversar de vobs consegui manipular os dados de textura. O S15 mostra como está o desenvolvimento atual do gen_vob. Claro que falta ler estes dados do OBJ file como coordenadas uvw, mas ainda estou pensando em como fazer, principalmente por que os vobs nao usam textura por vertice e sim por projeção.

Não ajustei a lateral do carro para encaixar nos varios modelos de XR… principalmente or que não gosto do XR e acho isso muito chato.

Por enquanto vou pesquisar sobre umas coisas que me dizeram sobre os demais arquivos do lfs. Mas agora é esperar, pois rola um boato de que os devs estariam mudando o formato dos arquivos para evitar que sejam feitos mais mods de carros (como o S15).  De certa forma isso é justamente o que eu acretido que aconteça se um plugin for liberado e o LFS se tornar um freak show… Embora isso não aconteça com o rfactor….  Agora e esperar para ver.

http://www.filefactory.com/file/ag4hf2c/n/s15_rar

 

Live for Speed: full OBJ files maio 25, 2009

Filed under: art,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 6:13 pm

Hoje fiz a conversão dos demais arquivos VOB para formato OBJ.  Estes arquivos são essenciais para a construção de novos mods. Deles se obtem as medidas e quais partes podem ser reutilizadas.   A ideia original era apenas inserir novas partes aos carros já existentes… A diferença entre um mod e um carro novo são apenas os numeros de peças envolvidas no processo.

Estes carros não possuem textura nem material. É possível colocar nos obj as informações dos materiais, mas acho desnecessário neste momento.

Por que eu estou liberando os arquivos sem o script ? Porque 95% do trabalho de fazer um mod esta na modelagem 3D.

http://www.filefactory.com/file/ag2cbc2/n/veh_rar

 

Live for Speed: Mazda RX-7 maio 9, 2009

Filed under: art,design,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 11:48 pm

RX7

Consegui um tempinho hoje e terminei a primeira versão do RX-7 para o LFS.

Usei como base o XR, e isto esta sendo a maior dificuldade. o painel do XR eh muito complexo e nele ha três modelos. Os comandos que definem cada modelo de forma individual ainda não estão maduros o suficientes para selecionar.

Ainda há problemas com os limpadores de vidro e com o retrovisor, mais isso requer um maior estudo dos vob. Sei onde estas coisas estão, mas ainda não tentei remover de forma segura, nem sei se eh possível .

Aviso logo que este mod tem varios bugs, mas nada de muito grave. De qualquer forma, esta ai a primeira versão para quem quiser se divertir com o LFS.

http://uploading.com/files/1EJ5L1A4/XR.VOB.html

UPDATE:

I render some views for RX and XR overlaped, and build an template skin, but is not fine .. anyway .. I dont work whit skins http://uploading.com/files/AQFHAM8Y/rx_skin_templates.rar.htm

 

LFS: Clio Update

Filed under: design,informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 6:19 pm
Tags: , , ,

Fiz umas atualizações no Clio hoje pela manhã. Gostaria de fazer uma verão extra, mas tem os maldidos puxadores que não acho sua ID em lugar nenhum dos  VOB !

Até lá, o Clio só vai ter  a versão FZ50.  A versão extra já tem ate um Body kit pronto, pronta para se colocada.

Tambem fiz umas pesquisas sobre a texturização, é possivél mudar a texturas e seu alinhamento no carro … mas realmente acho isso algo que vai complicar muito mais do que ajudar. Afinal de contas, basta trocar a skin e os arquivos DDS e pronto !

http://uploading.com/files/T000JT6U/FZ.vob.html

 

Clio on XF maio 7, 2009

Filed under: art,Arte,desenho,design,drawing,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 12:22 am

clio_xf

Nestes tempos de greve na USP estou voltando para casa mais cedo… afinal de contas, sem bandejão sou obrigado a cozinhar.

Então aproveitei e comecei a migrar o Clio do FZ para o XF GTR. Mas infelizmente isso não vai ficar bom. O motivo é a distancia entre os eixos do Clio. As rodas do Clio são mais de 18 cm mas afastadas em relação aos eixos frontal e dianteiro… Para caber no FZ tive que devorar 5cm de carroceria. Para encaixar no XR serão mais 23cm em relação ao Clio original. E também o diâmetro das rodas não é compatível.

Quero manter o maior nivel de fidelidade ao carro original… 23 cm para mim é muita coisa.

clio_xf2

Green:Clio, Blue: XF

Em resumo, Clio + XF = Don’t Fit :(

 

Live for speed: Renault Clio maio 1, 2009

Filed under: design,informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 9:34 pm

clio_lfs1

Aproveitei o feriado e resolvi mexer no script que altera os arquivos VOB do LFS.

Pensei em fazer alguma coisa, então baixei um modelo 3D do renault Clio e um Posch.

Como podem ver, em poucas horas consegui fazer um carro novo para o LFS, esta funcionado 100%. Tive que usar como base o FZ50 e adaptar as peças do Clio. Para saberem como funciona, em anexo deixei o modelo do Clio original, as partes removidas, o modelo OBJ do FZ usado como base e o mais importante de tudo, o arquivo clio.txt que diz ao script que partes serao REPLACE , ADD , CLEAN. eu tinha feito tambem um comando move.. mas nao esta dando certo.

Postei o VOB para quem quiser dar uma olhada:

http://uploading.com/files/GT8UCP3C/FZ.vob.html

Até agora não faço ideia de como fazer um plugin funcional, o maximo que consigo pensar e nesta tecnica de modificar os carros por inserção e remoçao de peças.

http://uploading.com/files/CSLE9T73/Clio_obj_scrip.rar.html

 

VOB EDIT: Update abril 20, 2009

Filed under: informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 2:52 pm

xf_front

Aproveitei o final de semana e fiz umas pesquisas dentro dos VOB files. até agora algumas flags possuem efeitos desconhecidos, outras estao ligadas ao calculo de normais e LOD.

Um plugin para Zmodeler ou 3DS ainda não parece ser viável. Mas o script desenvolvido já pode remover e inserir objetos dentro do arquivos dos veiculos. Diferente do que é feito pela internet que fazem um transplante de peças entre os carros., eu ja consigo criar uma peça no 3DS e injetar dentro do arquivo. Vai dar trabalho criar um carro novo, o script terá que remover e injetar peças em um carro já existente.

Para demonstrar isso, gastei 15 minutos fazendo uma grade frontal para o XF e injetei usando o material das barras de proteção internas.

Isso já permite criar Body kits alternativos para os carros ou adaptar de outros modelos.

http://www.4shared.com/file/100529714/8fa2dad7/XFR_offroad.html

 

LFS VOB Exporter abril 12, 2009

Filed under: design,informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 10:34 pm
Tags: , , ,

vob_bl

Até agora nada de mais sobre o famoso problema dos arquivos VOB do live for speed… joguinho chato, mas que esta rendendo audiencia para este blog … logo eh interessante fazer um import e deixar o link aqui. Alias, tem um povo na internet que esta copiando meu source e dizendo que eh seu !

Um import total ainda nao eh possivel, mas estou perto. So falta um mesh fit.

Porém, exportar esta bem facil.

Aqui tem uns OBJ exportados pelo programa:


http://uploading.com/files/GVMV6ZRL/LFS_OBJ.rar.html

Como podem ver, os VOB são complexos e cheios de objetos. inclusive objetos que lidam com a colisão.

UPDATE: coloquei mais alguns carros, eu poderia colocar todos … mas alguns arquivos VOB meus foram danificados durante os testes do importer e eu não tinha backup.

 

Melhor desempenho no eeePC dezembro 1, 2008

Filed under: Eu,informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 6:36 pm

Semana passada eu comprei um eeePC 900, claro que para usar como leitor de email, navegador, conversar no MSN, fazer programas para o nintendo DS, enfim, aquelas coisas corriqueiras para as quais o eee foi projetado. Porem ele estava com um problema de soluços, pequenas travadas, onde o mouse e teclado congelavam por cerca de dois segundos e voltava. Isto acontecia por causa do HD dele.

Por possuir um HD de memoria SSD e não um disco rigido, o Windows XP tinha problemas em lidar com isso. Sempre que algo era escrito ou lido, o sistema parava completamente. Por incrível que pareça, o XP não tem o cache de disco na RAM ativado por default ! e não há uma opção no sistema para ligar ele ! Depois de 4 anos usando exclusivamente linux estou me tento que reaprender a usar o mouse. rsrs

Por isso eu gosto do linux… pode ser ruim para leigos. Mas para alguem que entende de OS, é uma beleza.

Como melhorei o desempenho do eeePC e eliminei essas travadinhas irritantes ? Fui no site da microsoft, baixei o DSKCACHE.EXE para windows 2000 e executei pelo terminal com o seguinte comando:

DSKCACHE +p d:

Pronto, o sistema ficou suave e muito mais rapido.

O difícil mesmo é baixar o programa, fui em http://support.microsoft.com/kb/811392/pt-br , depois clicar em “Visualizar e solicitar downloads de hotfix” aceitar os termos de uso ( tambem conhecido como “use, mas não reclame se algo ruim acontecer” ), fornecer meu email, depois de uns minutos recebi um email com o zip do programa e a senha que o zip vai pedir (quanta frescura). E dentro do zip tinha … outro Zip !!! mas este sem senha.

Para quem nao sabe usar o terminal, pode abrir o notepad, criar um arquivo com a linha:

DSKCACHE +p d:

depois renomear para dskcache.bat, copiar para a mesma pasta onde esta o DSKCACHE.EXE e dar um duplo click.

 

Lamborghini Reventon feita em casa ! setembro 2, 2008

Filed under: art,Arte,tech — rangelfisica @ 8:41 pm
Tags: , , , ,

Woody, um canadense de 33 anos resolveu seguir a filosofia do DIY (faça você mesmo) em pratica. Construiu uma Lamborghini Reventon usando um Pontiac Fiero como base. Eu sei… não é a mesma coisa, mas quem liga! Desfilar com uma Lamborghini (ou algo parecido) com certeza vale o esforço.

Para maiores detalhes, tais como o motor usado, o que ele fez com a transmissão, os materias, tem uma entrevista com Wood em: http://www.motorfoot.com/blog/post/2008/07/Woodighini—The-story-of-a-Born-again-Fiero.aspx

Para mais fotos:

http://www.motorfoot.com/gallery/Default.aspx?tag=Woodighini

Putz … se ele consegue, então por que eu não consigo fazer um digital back ? para minha pentax…

 

AvaxHome voltou ! agosto 13, 2008

Filed under: informatica,livros,tech — rangelfisica @ 1:51 pm

Para os desavisados: O AvaxHome voltou depois de quase um mês fora do ar, porém mudou de endereço, agora está hospedado em www.avaxhome.ws

Para quem não conhece, o avaxhome é um dos maiores ( se não, o maior ) sites de ebooks que existem. tambem contem games e musicas. Mas só por conter os livros do coleção Astronomy & Astrophysics já merece um post ! Tambem contem livros medicos e de genética (inclusive de cirurgia), livros cientificos usando nas graduações e pos graduações, artes, fotografia e muitos de informática, enfim vale a pena dar um conferida com calma.

E o melhor de tudo, não requer registro nem conhecimentos da lingua russa (eu já estava sabendo como se escrevre “livro” em russo) !

 

Psychosynth abril 15, 2008

Filed under: art,Arte,music,Musica,tech,tecnologia — rangelfisica @ 9:31 pm

Psychosynth é um programa que funciona como o Reactable, mas via software apenas. Tem um ambiente 3d para dispor as peças, efeitos visuais da waveform que esta sendo gerada e outras coisas mais. Para quem tem curiosidade em saber como é operar um Reactable pode experimentar o open source. Eu experimentei o Reactable original na campus party e acho que a sensação de tocar nas peças  será bem dificil de emular via software.

Mas se não conseguir fazer nenhum arranjo mais sofisticado que os efeitos sonoros do atari, não desanime, porque só sendo a Bjork para conseguir tirar musica dessa coisa.

Psychosynth http://www.psychosynth.com/doku.php

Reactable  http://mtg.upf.es/reactable/

 

CG Arte abril 3, 2008

Filed under: art,Arte,desenho,design,drawing,informatica,tech,tecnologia — rangelfisica @ 8:10 pm

Crowth of cubic bacteria é o nome desta primeira imagem. Ela é a ganhadora do NVIDIA NVArt: Amazing Creations competition. Ha outras imagens digitais tão criativas quando esta na pagina do grupo Projekt0.

 

Descartes, Deus, I.A. e Asimov ! março 17, 2008

Filed under: AI,informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 7:22 pm

Este texto sobre algumas implicações da lógica sobre as Inteligências Artificiais  é a minha contribuição a Blogagem Inédita promovida pelo Interney:

A lógica, segundo Descartes, justifica a crença em deus. As I.A. seguem a lógica. Logo, os robôs serão fanáticos religiosos !

É um pensamento bizarro, mas possui alguma veracidade. Descartes é conhecido por provar a existência de Deus usando a lógica, … não é bem assim. Em uma conversa com uma amigo filosofo descobri que a lógica de Descartes apenas prova que é lógico acreditar em Deus, não necessariamente que ele exista de fato, mas isso já é uma discussão mais acalorada.

Porém, como já comentei no post sobre o surgimento da primeira I.A., o Blue Brain da IBM, as primeiras I.A.s serão baseadas na arquitetura natural do cérebro (a partir da emulação de neurônios reais) e com isso seu comportamento não poderá ser controlado ou monitorado, pois a mente é muito mais um conjunto de neurônios. Imagino que os primeiros robôs irão se basear na lógica tão bem quanto o homem primitivo para compreender o mundo e interagir com ele.

Vai ser uma cena fantástica quando um robô resmungar para os seus engenheiros: “Penso, logo existo !”.

O que ninguém deu muita importância até agora, é que a crença em Deus, embora seja um fenômeno social, também tem uma base neurológica, já que todas as culturas do mundo acreditam em um ser “mais perfeito”. E como estamos fazendo engenharia reversa no cérebro de mamíferos para criar I.A.s, acho que é possível transferir essa característica tão humana para as maquinas de forma não intencional.

Robôs que possuem crenças… a primeira vista parece uma hipótese non sense, mas este é um cenário possível, já que não sabemos nada sobre I.A.s verdadeiras e só poderemos ter uma idéia do comportamento delas quando estiverem em pleno funcionamento, daqui a uns 30 anos.

Isso me lembra um conto de Isaac Asimov , onde um robô passa a questionar as suas origens e começa a acreditar em algum deus que seja o verdadeiro criador, por sorte ou azar dos humanos, ele pensa que o “grande criador” é o reator da base, até que o conto é legal e mostra que há varias questões em aberto quando se pensa em I.A. Quem sabe se esse mecanismo de fé não pode ser usando como uma forma de controle nas maquinas … (alguém pensou na idade media ?).

Lembre que a logica apenas justifica a crença, mas não nos obriga a acreditar.

 

Gaussian Fit – Ajuste de Gaussianas março 4, 2008

Filed under: informatica,programação,tech,tecnologia — rangelfisica @ 5:22 pm

gauss_fit1.jpg

Escrevi um codigo bem util para ajuste de duas gaussianas em um conjunto de dados XY em Python. Como não achei nada parecido na internet (que não esteja incluido em uma biblioteca maior), resolvi postar.

É baseado no metodo de ajuste não-linear Levenberg-Marquardt (com algumas mudanças), uma delas é um fator aleatorio que serve para escapar dos minimos locais.

A,x0,s,m = gauss_non_linear( data_x, data_y, max_inter=40)

where fit parameters is : y(x) = A*Exp( ((x-x0)^2)/( 2* s^2) ) +m

A1,x1,s1, A2,x2,s2,m= two_gauss_non_linear(data_x,data_y,max_inter=40 )

y(x) = A1*Exp( ((x-x1)^2)/( 2* s1^2) ) +A2*Exp( ((x-x2)^2)/( 2* s2^2) ) +m

Obs: Require Numeric Python (numpy)

Link : nonlinear_gaussian_fit.pdf



 

Eletron filmado pela primeira vez ! fevereiro 28, 2008

Filed under: tech,tecnologia — rangelfisica @ 5:48 pm

 

Até pouco tempo não era possivél filmar o eletron devido a sua alta velocidade, mas graças a uma tecnica desenvolvida pelos pesquisadores da Lund University Faculty of Engineering, agora é possível ver o eletron.

Para obter tal façanha, os pesquisadores utilizaram pulsos de luz com duração de alguns attosegundos para conseguir observar o eletron em sua orbita.

Apenas para ter uma ideia da duração de um attosegundo: um attosegundo está para o segundo, como o segundo esta para a idade do universo.

A tecnica em si é igual a luz estroboscopia, porém com intervalos mais curtos.  Observar o eletron não tem muita utilidade , já que a observação implica em mudança no seu comportamento  dentro do atomo, mas conseguir imagens nitidas usando pulsos tão rapidos de  luz é o que  terá aplicações praticas no futuro.

Pessoalmente, eu  imaginava o eletron diferente, como uma  esfera.

video:  http://www.atto.fysik.lth.se/video/emovie.avi

link :http://www.atto.fysik.lth.se/

 

Futurologia: 1975 de acordo com 1962 fevereiro 15, 2008

Filed under: tech,tecnologia — rangelfisica @ 3:40 pm

Bacon na torradeira

Futurologia sempre foi um exercício de imaginação favorito das pessoas ligadas à ciência e tecnologia, mas dificilmente se acerta uma previsão.

É fácil achar previsões de como seria o ano 2000 no cinema, as vezes era mostrado como uma era de viagens espaciais, com naves, lasers, monstros intergalacticos e outras bobagens típicas da década de 60. Em outros como um mundo pós apocalíptico onde apenas os mais fortes sobrevivem, influência da guerra fria.

Tentar acertar como seria o mundo em 100 é quase impossível, conforme os cartões postais da Alemanha de 1900 mostrando como seria o ano de 2000 (observe que a moda não mudou nada em 100 anos). A única coisa que acertaram foi a televisão.

Errar em 30 anos é aceitável, mas errar em 12 anos já não tem tantas desculpas assim. Pode-se conferir nas imagens do livro 1975: and the changes to come disponíveis no album de dbostrom. Nas legendas tem uma breve descrição sobre o que se trata, algumas coisas realmente aparecem com alguns anos de atraso, como no caso do forno que aquece a comida por irradiação (imagino que seja por micro-ondas), outras são bem exageradas, como uma maquina de escrever que traduz russo para inglês … mesmo os computadores atuais cometem erros ao fazer esta tarefa, imagine aqueles armários dos anos 70 !

Hum … pensando nisso … como será o mundo daqui a 100 anos ? Será que teremos robôs ? Todo mundo será rastreado por satélite ? Ainda estaremos aqui ?

Para saber mais sobre o futuro lá no passado: www.paleofuture.com

 

MacroFotografia janeiro 27, 2008

Filed under: foto,Fotografia,photo,Photography,tech — rangelfisica @ 10:46 pm

Descobri uma forma mais eficaz de fazer macro fotografia, não é tão simples mas gera uns efeitos mais legais.

Basta usar um tubo de extensão e na frente uma lente comum de lupa. Dessa forma aparecem aberrações cromaticas, regiões fora de foco, profundidade de campo minima e uma luminosidade que vem do reflexo da luz no interior do tubo. O efeito final é meio noir e cores muito vivas.

Isso lembra muito as fotos da lomografia. Será que é há uma forma de usar esse mesmo recurso em fotos “normais” ?

macro -spider

macro

macro

macro

 

GO ! novembro 13, 2007

Filed under: AI,informatica,programação,tech — rangelfisica @ 10:45 am

Go é um jogo de tabuleiro bem … diferente, mesmo sendo simples é um dos poucos jogos que as maquinas ainda não conseguem bater os humanos. Um dos motivos é a quantidade enorme de possibilidades que cada jogada pode oferecer, ainda mais se considerar que ter mais peças em jogo não significa que esta ganhando.

Implementar um algoritimo para Go é um pesadelo, afinal não há um rei a ser alcançado (todas as peças são iguais) e a possibilidade de jogadas a cada turno é muito maior que no xadrez ou damas.

Mas recentemente foi implementado um novo algoritmo que usa Monte Carlo para o Go. O curioso é que o monte carlo é um metodo Termodinamico ! Isto mesmo, energia e temperatura são as variaveis que entram na equação.

A ideia por trás do monte carlo é tão simples que chega a ser meio besta, ao invéz de calcular todas as possibilidades de jogadas ele escolhe algumas aleatorimente para processar, para cada jogada possivél é calculada a variação de energia ( uma boa jogada significa queda de energia) se for boa ele continua a sequência, se for ruim ele aleatorimente decide se vai continuar a sequencia de jogadas ou se descarta, é como colocar um peão como isca para capturar uma peça maior, a principio é indicada como uma jogada descartavél mas na segunda interação se mostra muito favoravél.

Claro que há muito mais coisas que deve-se considerar ao usar o monte carlo, pois como ele não processa todas as jogadas ele acaba ignorando certas possibilidades… mais ou menos como os humanos.

Até lá irei continuar usando o Monte carlo só para calculos de formação de dominios magnéticos e ajuste de funções.

Para saber mais sobre o Go aqui vai um manual para iniciantes: http://rapidshare.com/files/69227444/go.pdf

 

Clone de Papel outubro 12, 2007

Filed under: art,Arte,design,drawing,foto,Fotografia,photo,Photography,tech,tecnologia — rangelfisica @ 9:27 pm

Neste site mostra como é possivel fazer uma cabeça de papel com realismo fotografico … mas não geometrico, nada com um pouco de curiosidade e muita tecnica com programas em 3D ( ajustar texturas é muito chato! ).

Enquanto não criamos clones verdadeiros vamos nos divertido com os de papel !

outros projetos: http://www.bertsimons.nl/album/projects/paperworks/index.html

 

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.