Linhas Verticais

um blog sobre musica, arte, programação e outras coisas.

Configurando teclado do Linux na unha! julho 18, 2007

Filed under: linux,programação — rangelfisica @ 1:58 am

Após dar uma mini faxina no meu armário achei um cd do conectiva linux 6 junto ao do MacOS X, eu sempre achei a capa do conectiva 5 mais bonita. Então me lembrei da dificuldade que tive para ajustar o teclado e a solução que encontrei: editar os arquivos xkb diretamente.

Não é a maneira mais tosca de resolver o problema de teclas erradas, porém funciona bem para fazer pequenos ajustes em teclas que insistem em não funcionar direito em nenhum layout (como o “\” do meu notebook) e claro um bom quebra cabeça para quem gosta de “escovar bits”.

Primeiro deve-se escolher o layout mais próximo ao ideal para o teclado e procurar sua localização dentro do arquivo /etc/X11/xbk/xfree86, no caso dos teclados abnt2 a pasrte que indica suas teclas fina na section model “us(pc101)+br“, que significa que este teclado é uma união do layout pc101 com teclas próprias do Brasil (br) como a cedilha, sabendo disso deve-se procurar estes dois arquivos que contem as teclas, o pc101 e o br

Os arquivos /etc/X11/xbk/symbols/br e /etc/X11/xbk/symbols/pc/pc irão conter a descrição exata do que cada tecla irá representar, ou seja o codigo inteno da tecla e que simbolos/caracteres elas representam.

Nestes arquivos estão o nome da tecla seguido dos seus caracteres que o sistema “acha” que eles representam. Por exemplo a linha do /etc/X11/xbk/symbols/br :

key <AC12> { [ bracketright, braceright ], [ masculine ] };

Nesta linha esta descrito que a tecla AC12 (um nome interno para esta tecla) irá digitar um bracketright ] , com shift será um braceright } e com AltGr vai sair um masculine º.
Alterar estes arquivos irá alterar diretamente a configuração do teclado (só é possível alterar como root), fazendo uns testes e recarregando o novo layout com o comando setxkbmap é possível remapear algumas teclas teimosas de forma definitiva e direta sem ter que ficar procurando varias combinações de teclado/idioma (que é o método correto de resolver o problema), vale a pena experimentar varias combinações, sempre salvando o arquivo original por segurança.

No meu caso, o teclado que melhor se ajustava ao teclado do meu laptop era o abnt2 com 102 teclas, porém a tecla que deveria ser \ estava funcionado como < e >, bastou procurar no arquivo de simbolos “pc” a tecla que deveria conter os simbolos [ less, greater, …] , encontrada a tecla: key <LSGT> { [ less, greater, bar, brokenbar ] }; tisto significa que o sistema associava a tecla <LSGT> ao estes simbolos, mas como eu queria que esta tecla fosse \ e | seria nescessario editar o conteudo da linha.

Alterando esta linha por key <LSGT> { [ backslash, bar , brokenbar ] }; o sistema passou a funcionar do jeito que esta impresso no teclado.

Isto funciona para qualquer outra tecla que esteja sendo reconhecida como qualquer coisa diferente do que esta impresso no teclado, até mesmo as teclas alfanumericas (a,b,c, ..)

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s